João Marcos

Nome Completo:   João Marcos de Souza da Luz

Partido:   MDB

Data de Nascimento:   18 de Dezembro de 1981

Telefone:  

E-mail:   Joamarcos_luz@hotmail.com

Número do Gabinete:  

Fax:  

Biografia:  

João Marcos Luz é filho do Taxista Valdir Nunes da Luz (in memoriam) e da Dona de Casa Marlucia de Souza da Luz. Solteiro, Luz é pai do Raul Hernandez de Souza da Luz e do Saladino Gonçalves Luz. Estudou Administração de Empresas com ênfase em finanças e tributos e atualmente estuda gestão pública. Nascido em 18 de dezembro de 1981 na maternidade Barbara Heliodora em Rio Branco, capital do estado do Acre, Luz participou como candidato em 4 eleições, e agora realiza o seu sonho de criança de ser politico com mandato eletivo, sonho que o despertou com a morte do governador Edmundo Pinto de Almeida Neto em 17 de maio de 1992. Após ser primeiro suplente de vereador nas eleições de 2016, e com a renúncia do titular da vaga vereador Roberto Duarte, torna-se vereador representante do povo na Câmara Municipal de Rio Branco pelo partido político Movimento Democrático Brasileiro (MDB), o qual faz parte do diretório estadual.
 
Quando criança, com o intuito de ajudar os pais, ingressou no ano de 1992 na guarda mirim e no dia 09 de agosto de 1993, aos 11 anos de idade, começou a trabalhar na corregedoria do Tribunal de Justiça com o desembargador Jersey Pacheco Nunes exercendo a função de office-boy. Dedicado, dinâmico e responsável, logo ganhou a simpatia dos funcionários e só saiu do TJ aos 18 anos para servir ao Exército Brasileiro. Como soldado do exército recebeu medalha por se destacar em equipe na operação boina e ao final do ano de 2000 recebeu diploma de honra ao mérito por ser soldado exemplar.
 
Na sua trajetória profissional anterior à política, Luz foi gerente administrativo e financeiro da empresa Real Norte durante 5 anos, no período de 2002 a 2007.
 
A vida política de Luz iniciou-se no ano de 2008, quando foi candidato pela primeira vez, e em 2009 exerceu o cargo de assessor parlamentar do deputado estadual Manoel José Nogueira Lima, o N. Lima. Articulado, Luz apresentou um trabalho de destaque na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), e foi convidado a exercer a mesma função no mandato do então deputado federal –  em seu gabinete no Acre – e agora senador eleito Márcio Bittar, entre fevereiro de 2011 e janeiro de 2015. Após esta experiência voltou a desempenhar serviços na área administrativa em fevereiro do mesmo ano, sendo autônomo até dezembro de 2016.
 
Em janeiro de 2017, Luz foi convidado a ser secretário parlamentar da deputada estadual Eliane Sinhasique, e, desta forma, retornou à Aleac, com a missão de promover reuniões parlamentares, emendas e projetos sociais, contatos com lideranças comunitárias, elaboração de eventos e agendamento de reuniões e palestras. Tornou-se no mesmo período vice-presidente da Fundação Ulysses Guimarães, atuando na implantação de cursos gratuitos e políticas públicas à população de baixa renda.
 
Com perfil de liderança desejado pela população no novo cenário político, Luz atua em defesa de Rio Branco há dez anos, e foi presidente da juventude do PSDB no acre, secretário-geral e presidente regional do Partido Democratas. Sempre atuante, é defensor de um investimento maior em serviços básicos essenciais à população rio-branquense e que não estão sendo cumpridas pela prefeitura, como principalmente, educação, transporte e saúde.
 
Seu último trabalho foi o de diretor administrativo no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Estado do Acre (IPHAN-AC), exercendo o cargo de outubro de 2017 até 31 de janeiro de 2019. Em algumas ocasiões foi superintendente substituto do órgão federal.